Saúde

Esperma amarelo: causas e cuidados

Praticamente todo homem já observou que a coloração do seu esperma pode mudar de acordo com o dia, e o esperma amarelo chama bastante atenção quando ocorre. Normalmente, pensa-se que existe algo de errado, pois as colorações comuns são as diferentes tonalidades esbranquiçadas.

A preocupação é válida: um esperma amarelo de forma muito perceptível indica que algo possivelmente está errado com seu organismo, mas a gravidade desse problema pode variar desde algo muito simples, até situações mais graves.

Saiba quais são as causas do esperma amarelo, e o que pode ser efeito para evitar ou tratar o problema:

Causas para o esperma amarelo

Existe uma infinidade de possíveis alterações em seu organismo que podem levar ao esperma amarelo. De qualquer maneira, é importante saber quais são elas, e quais são suas possíveis consequências para o corpo. Destacam-se, em especial:

Alterações na dieta

Sua alimentação muda a cor, o cheiro e vários outros aspectos de seu esperma. Comer muita cebola ou alho, por exemplo, é uma ação amplamente reconhecida por auxiliar a gerar esperma amarelo.

Em alguns casos de pessoas que estão passando por tratamentos medicamentosos, ou ingestão exagerada de alguns nutrientes, a ingestão desses componentes também pode afetar a cor do esperma.

Muito tempo sem ejacular

Você já deve ter percebido ao menos uma vez que as ejaculações são bastante claras quando ocorrem com frequência, mas adquirem um aspecto bastante amarelado quando não ocorrem durante dias. Trata-se de um reflexo do tempo durante o qual ficou “guardado” nos vasos seminais, alterando sua densidade, coloração e aspectos.

Logo após essa ejaculação, todas as outras tendem a ser mais “normais” no que diz respeito à cor, quando este é o caso.

Questões relacionadas à idade

À medida que envelhecemos, é normal que algumas funcionalidades normais de nosso corpo comecem a mudar. Entre elas, a cor do esperma pode alterar um pouco ao longo dos anos, até o ponto em que ele costume ser bem amarelado.

Se este for o seu caso, não há motivos para preocupações: a mudança é normal, e não gera nenhum tipo de dano à fertilidade ou à performance sexual.

Infecções ou DSTs

Em alguns casos mais graves, é possível que a causa da cor amarelada seja algum tipo de infecção. Entre as causas mais conhecidas dessa coloração, clamídia e gonorreia são os principais destaques. Normalmente, infecções deste tipo acompanham, além da coloração estranha, um odor desagradável e bastante característico.

Urina misturada ao sêmen

Como o aparelho genital masculino utiliza a mesma uretra para urinar e ejacular, é possível que a presença residual de urina no canal influencie a cor do esperma no momento de ejacular. Na maior parte das vezes, essa situação é considerada absolutamente normal, e só exige atenção especial se for algo muito frequente.

O que fazer em caso de esperma amarelo?

Entre as principais ações que você pode tomar para evitar o problema, destacam-se:

Evite álcool, cigarros ou medicamentos não receitados

Álcool, cigarros e medicamentos diversos enchem o seu corpo de toxinas e substâncias que precisam sair do corpo por algum meio. Por vezes, o esperma é uma das formas encontradas pelo organismo para livrar-se dessas questões.

Hidrate-se

Algo simples como beber água em quantidades suficientes pode fazer com que o esperma amarelo simplesmente não apareça mais. Pode parecer exagerado, mas é verdade: uma grande quantidade dos casos ocorre em função da desidratação parcial dos homens.

Consulte um médico

Se mudanças que melhoram a sua qualidade de vida não forem suficientes para lidar com a questão do esperma amarelo, é hora de dar atenção especial ao caso. A origem pode ser um pouco mais grave, e sua ação deve ser buscar por auxílio médico imediatamente, relatando a situação e o que você tentou fazer para remediá-la, sem sucesso.

Leave a Comment