Suplementação

Whey Protein: para que serve? Vale a pena tomar?

Whey protein

O suplemento mais consumido no mundo, para os que desejam desenvolver massa magra e também estão em processo de emagrecimento, a cada 10 suplementos vendidos, 6 são Whey Protein, e isso pegando apenas uma visão nacional desse mercado em que apenas um item é responsável pelo movimento de milhões de dólares ao redor do planeta.

Por ele ser o suplemento mais procurado e consumido, existe muita informação disponível e produtos diversos para venda, mas nem sempre com as informações corretas ou com composição de qualidade, fazendo com que gere confusão e escolhas erradas que podem prejudicar ou treino, no pior dos casos, ou não fazer diferença alguma para percorrer o seu objetivo.

Para tirar todas a suas dúvidas e derrubar alguns dos mitos mais comuns que encontramos por aí, vamos entender melhor qual a função desse suplemento na sua alimentação, quando optar por ele e escolher melhor o que vá de acordo com as suas necessidades.

O que é Whey Protein?

O Whey Protein é um pó proteico concentrado da proteína do soro do leite que também possui diversos aminoácidos essenciais de cadeia ramificada, oferecendo diversos benefícios à saúde e auxiliando na construção do ganho de massa magra, sendo responsável de auxiliar o organismo na regeneração correta e eficaz dos músculos que são lesionados no decorrer dos treinos.

Esse soro do leite é adquirido no decorrer do processo em que se transforma o leite em queijo, aquela aguinha que vemos nos pacotes dos queijos são o componente ativo desse suplemento, onde existe a sua desidratação, tornando-o menos perecível e potencializando mais ainda os seus efeitos no corpo.

Além do soro, geralmente 80% da composição do Whey é constituída de caseína, que possui um efeito mais lento, enquanto 20% de sua composição entra automaticamente em trabalho após sua ingestão, a caseína garante que seu efeito será prolongado, tendo maior efetividade nos resultados alcançados.

O consumo de proteínas em uma dieta para quem deseja diminuir os índices de IMC ou aquisição muscular, é essencial, mas nem sempre conseguimos ingerir a quantidade necessária para suprir todas as necessidades para alcançar nossos objetivos, abrindo caminho para o investimento da suplementação alimentar com a utilização do Whey Protein.

Tipos de Whey Protein

Existem 3 versões mais comuns de Whey Protein disponíveis no mercado em que o que modifica é o seu tipo de filtragem, sendo elas: a concentrada, a isolada e a hidrolisada. A principal diferença entre elas são:

  • Whey Protein Isolado: com processo de absorção mais rápido pelo organismo, neste Whey a proteína do soro do leite é isolada no processo de fabricação, sendo retirados praticamente todos os carboidratos e as gorduras.
  • Whey Protein Concentrado: com processo mais demorado para seu absorvido e digerido, sua fabricação não realiza a retirada das gorduras e carboidratos presentes no soro do leite.
  • Whey Protein Hidrolisado: versão com mais alto nível de absorção rápida, quando é produzido, é realizada a quebra de proteínas, deixando-as prontas para serem absorvidas pelo sistemas.

Recomenda-se uma ingestão diária de 2 gramas para cada quilo que a pessoa pesa, sendo seu consumo realizado após a realização das atividades físicas. Mas é sempre bom consultar um especialista em nutrição esportiva, de modo que ele analise o seu consumo natural de proteínas que será suplementado pelo Whey Protein e de acordo com os seus objetivos, evitando que você consuma mais ou menos que o necessário e não consiga atingir suas metas estabelecidas.

Benefícios do Whey Protein

O Whey Protein é considerado a melhor proteína destinada para o desenvolvimento de atletas, valendo muito a pena o seu investimento e sendo o suplemento essencial para os que desejam aproveitar ao máximo o desempenho dos seus treinos com um complemento que garanta resultados efetivos e visíveis.

Existem diversos benefícios ligados a saúde quando seu consumo é realizado de forma correta, nos quais podemos destacar:

  • Com a realização de treinos intensos e fortes, o sistema imunológico pode ser afetado, aumentando a chance de aquisição de doenças como gripes e resfriados. Quando o Whey é inserido, o sistema imunológico é potencializado, evitando infecções que poderiam surgir devido a intensidade dos treinos que estão sendo realizados;
  • Combate o catabolismo, que é quando o corpo utiliza os músculos como forma de energia e deixa por mais tempo o organismo em estado anabológico, que é quando seu corpo está usando a energia de gorduras para a criação de fibras musculares, o que contribui para o desenvolvimento e crescimento da massa magra;
  • É o melhor suplemento no estimula da reconstrução de fissuras e na hipertrofia muscular;
  • Possui diversos aminoácidos essenciais em sua composição, dando destaque para o BCAA composto de cadeias ramificadas que contribuem na melhor recuperação após os treinos, diminuindo a fadiga, dores e com reconstrução mais rápida e efetiva, contribuindo para que você possa realizar mais sessões em um intervalo menor de tempo.