Exercícios físicos

Tipos físicos e seus tipos de treino ideal

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Se você já treina a bastante tempo, não aguenta mais ir na academia pois não vê resultados em seus métodos, talvez o problema esteja relacionado aos exercícios corretos para os tipos físicos adequados. Ao pararmos para observar, é possível reparar que os corpos dos homens podem ter vários formatos diferentes, tanto fisicamente como o próprio porte, e claro que isso faz diferença na hora da musculação.

Veja também – Confira 20 dicas essenciais para iniciantes na musculação

Os tipos físicos que cada pessoa tem, pode influenciar diretamente nos resultados do treino. Sendo assim é preciso se conhecer para adaptar melhor os treinos e atividades que sejam específicos para você e para obter resultados melhores.

Quais os tipos físicos?

Existem basicamente três tipos físicos diferentes, são eles:

  • Endomorfo
  • Mesomorfo
  • Ectomorfo

As principais diferenças entre eles são notáveis e por isso é fácil e identificar a qual grupo você pertence. Ninguém pertence a mais de um grupo, um deles será o predominante e é esse que deve ser levado em consideração para adequar os seus hábitos, estilo de vida, dietas e treinos.

Tipo Endomorfo

O tipo Endomorfo é bem encorpado, tem massa óssea forte e isso o ajuda a ganhar massa muscular. Apesar dessas facilidades, é um dos tipos físicos que tem predisposição a ganhar peso, principalmente pelo fato das coxas, ombros e quadris serem mais avantajados. Pela dificuldade em perder peso, uma dica para fazer durante os treinos é acelerar o metabolismo.

Como deve ser o treino – Endomorfo

Os treinos mais aeróbicos podem ser os que mais valorizem esse tipo físico, afim de contas eles trabalham o metabolismo. Os levantamentos de peso também podem ser uma ótima escolha de modalidade, já que com a massa óssea forte você pode vir a ter vantagens. Os intervalos entre séries devem ser curtos, nunca mais de 1 minuto e as repetições entre 9 e 12.

Veja também – Cutting: entenda o que é e como praticá-lo na musculação

Tipo mesomorfo

É o corpo mais invejado, com ombros e peito largos e os músculos bem definidos. Possui as mandíbulas e as maças do rosto bem visíveis, sendo o tipo físico que tem mais facilidade para perder gordura e ganhar massa. Costuma ter porte atlético e o único problema desse biótipo é não exagerar nos treinos, caso contrário os benefícios podem ser comprometidos.

Como deve ser o treino – Mesomorfo

Para esse biótipo o treino deve ser curto e intenso, não passando de 1 hora. As repetições entre 9 e 12 com intervalos de máximo 30 segundos. 3 vezes na semana é o suficiente para cuidar bem do corpo.

Tipo Ectomorfo

São os homens de corpo mais estreito, menor, cintura fina e ombros caídos. Normalmente o metabolismo dessas pessoas é acelerado e por isso ganhar peso para elas é o maior desafio. Um dos tipos físicos que mais tem problemas durante os treinos, já que não costumam ter muita disposição e nem força para fazer os exercícios.

Veja também – Bulking: saiba o que é e confira dicas de como praticá-lo na musculação

Como deve ser o treino – Ectomorfo

Os treinos aeróbicos são proibidos, mas é possível fazer um treino curto e eficiente. Séries curtas, porém, com repetições de 10 a 12 e intervalos de 30 segundos. O maior segredo para que os tipos físicos de Ectomorfo tenham resultados na academia é com relação aos exercícios. O ideal é espalhar o foco dos exercícios, assim você tem mais benefícios pelo corpo entre áreas musculares ao mesmo tempo.