Comportamento Saúde

Fumar atrapalha o ganho de massa muscular? Descubra se é mito ou verdade

O cigarro é uma das drogas lícitas mais consumidas no país. No entanto, devido à leis que proíbem o seu consumo em alguns locais, a falta de visibilidade na publicidade e, também, as suas altas taxas de impostos são alguns dos motivos que estão fazendo com que esses números sejam reduzidos, apesar de ainda ser bem comum conhecermos muitos fumantes ou fazermos parte dessa parcela da população que fuma.

Que ele faz mal para a saúde, não tem como negarmos. São diversos os malefícios que ele traz e que todo fumante já deve estar cansado de saber, sendo esses bons motivos para parar com seu consumo e não arriscar o desenvolvimento de câncer, problemas de pele, impotência sexual, entre outros.

Por mais também que esse produto, juntamente com o álcool, que é amplamente consumido, sejam liberados, quando optamos por ter uma vida saudável, construindo nosso corpo, é necessário que modifiquemos várias coisas na nossa vida, de modo que seja possível que tudo funcione corretamente e nenhuma substância nociva atrapalhe o nosso desenvolvimento.

Existem diversos problemas que podem fazer com que o ganho muscular de um fumante seja menor do que alguém que possui uma vida saudável. Dentre eles, podemos destacar:

Coração acelerado

O coração de um fumante costuma ter seus batimentos cardíacos 30% mais fortes do que uma pessoa normal, devido aos efeitos estimulantes da nicotina, fazendo com que a pressão arterial aumente, os gastos de energias sejam maiores que o normal, diminuindo o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos.  Com isso, o desempenho nos treinos, consequentemente, acaba sendo menor.

Problemas respiratórios

Esse é o mais fácil e não precisamos nem falar. O próprio fumante, muitas vezes, consegue perceber que após qualquer exercício já fica ofegante, como se o seu pulmão fosse pequeno demais para suportar o esforço que está sendo gerado. Pode ser que você fume há tanto tempo que não perceba que esse seu problema é causado por causa do tabagismo.

Os danos que o cigarro causa ao sistema respiratório fazem com que o corpo não consiga absorver o oxigênio do sangue, o que afeta a oxigenação muscular e faz com que a sua intensidade precise ser menor do que a de uma pessoa saudável.

Além disso, o monóxido de carbono presente no cigarro interfere diretamente no seu desenvolvimento de massa magra, que é reduzido quando os músculos são privados desse oxigênio. Fumando, você estimula o seu corpo a trocar o oxigênio pelo monóxido de carbono, diminuindo a sua eficiência e fazendo até com que sua recuperação das lesões causadas no treinamento sejam um pouco mais doloridas do que os não fumantes.

Falta de testosterona

A testosterona é um importante hormônio para o desenvolvimento de massa muscular, sendo até suplementado pelos que conseguem realizar um exame para entender o seu valor no sangue e percebem que está baixo.

O uso do cigarro reduz muito os níveis desse hormônio no corpo, afetando diretamente no seu desenvolvimento e, também, sendo um causador da impotência sexual, que ocorre devido ao seu consumo.

Leia também:

Catarro

Se você não fuma, já deve ter visto fumantes puxando toda hora catarro do pulmão. E, se fuma, pode nem saber que esse seu costume está diretamente associado ao consumo do cigarro. Essa produção intensiva do muco diminui mais ainda as capacidades respiratórias e pode estar presente no sangue, dificultando o livre corrimento de hormônios e oxigênio entre as células.

Musculação para parar de fumar

Apesar de, inicialmente, o seu consumo atrapalhar o desenvolvimento dos seus treinos, a prática da musculação pode ser uma ótima alternativa e estimuladora para quem está planejando ou já iniciou a sua batalha para parar de fumar.

Não é fácil se livrar de um vício, mas existem caminhos que tornam esse processo mais fácil, sendo a musculação importante neste sentido, já que ela libera hormônios ligados à sensação de prazer, conforto e relaxamento no corpo, semelhante aos mesmos sentimentos que estão ligados ao cigarro. Desse modo, sua vontade de fumar pode ser reduzida com a prática da musculação.