Exercícios físicos

Anabolismo: entenda o que é como alcançá-lo na musculação

Todo mundo que faz academia batalha para chegar ao estado de anabolismo e teme chegar no catabolismo. Isso porqu, no segundo, você pode perder massa magra e, no primeiro, é quando você realmente consegue obter resultados e desenvolver os seus músculos do modo desejado.

No decorrer desse artigo, explicaremos o que é o anabolismo, como acabamos entrando nesse estado e quais os benefícios que ele pode trazer para o seu corpo, que vão muito além da aquisição de massa magra.

O que é anabolismo?

Anabolismo é quando o corpo está construindo o seu tecido muscular por meio de um processo de construção de complexos orgânicos e uma sucessão de reações químicas que ocorrem quando você está de repouso. Geralmente, o corpo funciona em sua maior parte em estado de catabolismo, pois está acostumado a funcionar em baixas energias.

Mas, para chegarmos no ponto de anabolismo, mudamos diversas rotinas de nossa vida para que ele possa nesse período reparar e desenvolver os músculos, e não os utilizando como energia para recuperar os nutrientes que estão em falta no corpo.

Como dissemos, o corpo vive em constante estado catabólico e, para podermos reverter esse estado, precisamos fazer um balanceamento metabólico, pois só desse modo teremos ganhos musculares. Para conseguir fazer essa modificação no corpo não é tão difícil, sendo que o mais essencial é a elaboração de uma alimentação boa de acordo com os objetivos que desejam ser alcançados.

Como entrar em estado anabólico?

Na alimentação, precisamos nos ater para o valor nutricional do que estamos ingerindo e se aquilo terá ações positivas dentro do nosso corpo, nos mantendo sempre alimentados (de 3 em 3 horas) e sem carboidratos simples, que possuem calorias vazias e gastos energéticos rápidos, e tomando cuidado com o consumo de gorduras, principalmente as saturadas, dando preferência para as mais naturais e boas, que também são importantes para o desenvolvimento do corpo.

O motivo de você precisar fazer intervalos curtos entre um refeição é outra é que, quando seu corpo não encontra mais a energia dos alimentos para suprir as necessidades do que você estiver fazer, ele passará a usar o tecido muscular para gerar essa energia, te tornando mais fraco e podendo levar ao estado catabólico em situações mais graves.

Cada alimento que consumimos possui uma função no organismo. Por isso, vivemos ouvindo por aí que precisamos de uma dieta balanceada e não uma que seja restritiva, pois os carboidratos nos fornecem energia, as proteínas constroem e recuperam os tecidos musculares e a gordura auxilia no transporte de vitaminas e nutrientes pelo corpo.

Bom lembrar que nem sempre conseguimos nos alimentar de tudo o que precisamos para um funcionamento saudável e destinado a suprir todas as necessidades que precisamos para alcançar nossos objetivos. É nesse momento que entra a importância da utilização de suplementos que irão suprir todas as falhas que não conseguimos suprir.

Função do anabolismo

No anabolismo são construídas moléculas estruturais e funcionais, onde os nutrientes são quebrados para promover energia para as células utilizarem em suas reações químicas no organismo. Esses nutrientes quebrados são as moléculas que são construídas e que funcionam como blocos na construção muscular.

Para que mais proteína possa ser construída no corpo, ele se utiliza dos aminoácidos presentes na corrente sanguínea, utilizando de moléculas menores para que o estado de anabolismo possa ser mais favorecido.

Diversos hormônios estão presentes e sendo produzidos durante o processo de anabolismo, como a testosterona, o IGF1, insulina e também estrogênio, cada um em uma proporção diferente, dependendo da pessoa e até do sexo. Mas todos eles contribuem para que o crescimento muscular ocorra do modo mais saudável e deixando o corpo em bom estado, pois quando entramos em estado anabólico, temos mais energia e nosso sistema imunológico fica bem protegido.